O GPL
EFICIENTE E VERSÁTIL

GPL - A PRODUÇÃO DE GÁS

O GPL (Gás de Petróleo Liquefeito) é um derivado do petróleo, produzido naturalmente nos campos de exploração de petróleo e gás, como parte da extração do crude ou obtido através de processos de refinação. No que respeita ao seu tratamento posterior, os gases Butano e Propano são separados do crude armazenado nos campos de exploração petrolífera. O GPL é transportado todos os dias da exploração, através de linhas férreas, pipeline ou utilizando a via rodoviária e a sua distribuição é feita a partir do terminal de importação por navios. Chegado ao nosso país, é direcionado para as instalações e armazenagem de gás da Rubis Energia Portugal S.A.

O GPL é um combustível versátil e de fácil transporte, uma vez que pode ser transportado na fase líquida. Este derivado do petróleo tem um poder calorífico elevado (cerca de 12.000 kcal) e é um dos produtos, cuja combustão é mais inofensiva para o ambiente.

OS PRINCIPAIS BENEFÍCIOS DO GPL

  • Alto poder calorífico
  • Alta eficiência de combustão
  • Limpo, sem resíduos significativos de enxofre ou metais poluentes
  • Não tóxico
  • Odorizado, por questões de segurança

O GPL oferece inúmeras vantagens sendo que uma das mais relevantes é o facto de não necessitar de custos de infraestrutura. Isto significa que não são necessárias redes de distribuição complicadas, podendo o GPL ser consumido mesmo em zonas remotas. O GPL pode ainda ser utilizado como combustível rodoviário, sob a forma de GPL Auto.

DISTRIBUIÇÃO ATÉ AOS CLIENTES

O GPL chega aos clientes consumidores de garrafas, proveniente das instalações de enchimento da Rubis Energia Portugal de Perafita, Faro ou Aveiras.

A distribuição de GPL a granel é feita por carro-tanque, que abastece os seus clientes domésticos e industriais com reservatórios de gás que, por sua vez são provenientes de todas as instalações mencionadas anteriormente e ainda pelo Centro Logístico de Viseu.

A RUBIS Energia Portugal detém ainda, em parceira com outro player do mercado, um complexo de armazenamento de GPL (em caverna) em Sines, permitindo que a importação seja feita recorrendo a navios de maior capacidade, o que proporciona maior flexibilidade logística e uma melhor adequação das compras no mercado internacional.

AS UTILIZAÇÕES DO GPL

Em terra ou no mar, o GPL contribui para a melhoria da qualidade de vida das pessoas. Na vida ao ar livre, em casa, no campo, nas indústrias e até em atividades desportivas, o GPL está presente para fornecer energia.

Transforma as caravanas em verdadeiras casas, fornece calor e iluminação aos campistas e alpinistas. No mar, marca presença em barcos de cruzeiro, na alimentação da central de calor, dos fogões e frigoríficos.

No desporto, o GPL fornece energia aos apreciadores de desportos aéreos, nomeadamente aos amantes dos balões de ar quente.

Em casa, o GPL é uma fonte privilegiada de aquecimento, contribuindo para o bem-estar da família e proporcionando relaxantes momentos no conforto do lar.

O GPL assume ainda um papel relevante para os agricultores e horticultores, possibilitando o desenvolvimento e utilização de técnicas que lhes permitem uma maior eficiência nos resultados obtidos.

No entanto, continua a ser no setor industrial que o GPL consegue ser mais versátil, somando cerca de 1.500 utilizações diferenciadas. Desde a produção de vapor, à indústria metalomecânica, passando pela cerâmica, vidros e têxteis.

OTIMIZE O CONSUMO DE GPL EM CASA

A redução dos custos associados ao consumo de energia é um objetivo individual e coletivo e resulta da utilização racional e inteligente dos equipamentos e da energia.

Para se conseguir tal objetivo, é necessária a aplicação de algumas medidas, que apesar de simples, se traduzem em grandes economias.

Água Quente Sanitária

  • Não utilize a água demasiado quente.
  • Ajuste o termostato do esquentador ou da caldeira para a temperatura correta de consumo. Se a água estiver demasiado quente, terá de a temperar com água fria, e assim, consumirá gás e água inutilmente.
  • Utilize o duche em vez de tomar banho de imersão. É mais económico e higiénico.

Cozinha

  • Ao cozinhar, regule a chama de modo a que não saia para além do fundo dos recipientes.
  • Mantenha os recipientes fechados, sempre que possível. Assim, a cocção será mais rápida.
  • Não saia de casa deixando recipientes ao lume.

Aquecimento Central

  • Instale um sistema de regulação automática da temperatura com termostato de ambiente. Com este sistema, a caldeira só funcionará quando a temperatura descer abaixo daquela que deseja manter em sua casa. Coloque este dispositivo na divisão da casa que queira usar como referência.
  • Como medida adicional, recomendamos que este sistema possibilite a sua programação horária, isto é, que se possam programar os períodos de funcionamento e de repouso. Se já dispõe de um sistema deste tipo, programe-o em função das suas necessidades diárias.
  • Se dispõe de termostato ambiente, regule a temperatura da caldeira para a posição máxima e regule o termostato de modo a ter uma temperatura de conforto adequada, que não deverá ultrapassar os 20ºC.
  • Não tape os radiadores com móveis, roupa ou cortinas, porque reduzirá enormemente a sua eficiência térmica e aumentará o consumo de gás.
  • Impeça que o calor saia pelas portas e janelas. Mantenha-as bem fechadas e utilize materiais isolantes que comuniquem com o exterior.
  • Ao ventilar a casa, empregue apenas o tempo estritamente necessário e desligue o aquecimento enquanto esta operação durar.
  • Aproveite toda a energia solar que puder, permitindo que os raios solares entrem em sua casa.
  • Não utilize os radiadores para secar a roupa ou as toalhas de banho.
  • Se não deseja desligar o aquecimento durante a noite, regule o termostato para os 15ºC ou programe-o para que baixe automaticamente a partir de uma determinada hora (se este for do tipo programável).
  • Se está ausente por longos períodos de tempo (férias), desligue a caldeira e feche as válvulas de gás.

© 2014 Rubis Gás. All Rights Reserved