RUBIS GÁS
A VONTADE DE ASSUMIR
O FUTURO
A NOSSA HISTÓRIA

A HISTÓRIA DO GRUPO

2017

A RUBIS reforça a sua posição em Portugal ao assumir os ativos de distribuição de GLP da REPSOL nas ilhas da Madeira e dos Açores, bem como as redes de gás canalizado localizadas em Portugal Continental.
A RUBIS termina o processo de aquisição das empresas do grupo GALANA, em Madagáscar, o principal operador do país no mercado dos combustíveis.
O Grupo RUBIS opta pela divisão do valor nominal das ações da empresa em duas partes iguais, de 2,50 euros para 1,25 euros, cabendo a cada acionista duas novas ações para cada ação antiga.
RESULTADOS DO T1 - Volume de negócios do 1º trimestre 2017: 896M€ (+22%). Bom início de ano, com crescimento em volume de 8%.
A RUBIS completa a aquisição do líder na distribuição de combustíveis no Haiti.
RESULTADOS EXERCÍCIO 2016 - Continuação do crescimento global do Grupo, com um resultado líquido de +22% e um crescimento de 11% em dividendos.
A RUBIS assina acordo para comprar todas as ações da DINASA e da sua subsidiária SODIGAZ, os principais distribuidores de produtos combustíveis no Haiti.
A RUBIS assume pleno controlo da DELTA RUBIS PETROL na Turquia.

2016

A RUBIS vende a MULTIGAS (Suíça) ao Grupo GAZECHIM.
Aquisição da BERMUDA GÁS, o principal distribuidor de GPL nas Bermudas.
Aquisição dos restantes 25% da ERES/ASCA, passando a RUBIS a deter 100% da empresa.
RESULTADOS EXERCÍCIO 2015 - Os resultados líquidos do Grupo de 2015 registam um crescimento global de 44%. Um excelente desempenho motivado por uma combinação de crescimento orgânico e aquisições estratégicas.

2015

Aquisição de 100% dos títulos da SRPP (Société Réunionnaise de Produits Pétroliers).
Aumento de capital de 133,6 M€.
Controlo adquirido com a aquisição de 35,5% da SARA.
A RUBIS finaliza a aquisição da Eres na África Ocidental.
Criação do terceiro ramo de negócio RUBIS Support et Services.

2014

A RUBIS completa a aquisição do negócio de distribuição de GPL da BP em Portugal.
A RUBIS reforça a sua posição na Suíça, adquirindo a distribuição de GPL da TOTAL.
A RUBIS negoceia em regime de exclusividade a aquisição da participação da TOTAL na refinaria das Antilhas (SARA)

2013

A RUBIS entra no segmento de distribuição de gás, através da aquisição da subsidiária Carbagás, na Suíça.
Aumento de capital de 85 M€.
Venda do negócio de distribuição de gás na Alemanha.
A RUBIS anuncia a compra do negócio de gás da BP em Portugal por 115 M€.
A RUBIS adquire as instalações de armazenagem da Petroplus Raffinage Reichstett.
A RUBIS entra numa etapa negocial avançada com a Blue Equity, LLC para a aquisição da sua rede de distribuição de combustível na Jamaica.

2012

A RUBIS completa a aquisição das redes de distribuição do grupo CHEVRON nas Bahamas, nas ilhas Caimão e nas ilhas Turcas e Caicos.
Venda do negócio de distribuição de gás na República Checa e no Senegal.
A RUBIS completa a aquisição de 50% do terminal DELTA PETROL na Turquia.

2011

A RUBIS expande significativamente a presença nas Caraíbas através da aquisição do negócio de combustível das afiliadas da CHEVRON.
A RUBIS decide focar-se na região das Caraíbas e anuncia o desinvestimento nos ativos que detém na América Central.
A RUBIS entra em negociações para adquirir 50% de um terminal na Turquia.
A RUBIS expande-se no negócio de distribuição de gás na África do Sul.

2010

Após adquirir a cota de 50% da BP na FRANGAZ, a RUBIS torna-se o único acionista.
A RUBIS é incluída nos índices da bolsa SBF 120 e SBF 80.
A RUBIS consolida a sua presença em África, através da aquisição do negócio de distribuição de gás da SHELL, na África do Sul.
A RUBIS adquire o negócio de gás da LINDE na Suíça.
A RUBIS duplica o seu tamanho em Espanha através da aquisição do negócio de distribuição de gás da BP.
Compra por 300 milhões de dólares das atividades de distribuição da CHEVRON nas Caraíbas.
Aumento de capital.

2009

Construção de novos tanques de armazenagem em Roterdão.
A RUBIS entra no negócio de distribuição de combustíveis na Córsega, França.

2008

Início do negócio no terminal de Roterdão e lançamento do projeto de engenharia em Antuérpia.
Aquisição das atividades de distribuição da SHELL nas ilhas de Jersey e Guernsey.
Aquisição do negócio de distribuição de gás em Espanha à TOTALGAZ.
A RUBIS entra na distribuição de combustíveis para aviação.

2007

A RUBIS TERMINAL constrói um novo terminal de armazenamento de produtos químicos e petrolíferos em Roterdão.
VITOGAZ: Aquisição à SHELL do seu negócio de distribuição de gás em 5 países europeus.
Em parceria com a MITSUI e a ITC, a RUBIS constrói um novo terminal, em Antuérpia, com a capacidade de 1.110.000 metros cúbicos, para armazenar e processar vários produtos químicos, gás e produtos petrolíferos.
Lançamento da garrafa de gás "Casino" em França.
Mudança de identidade das estações de serviço nas Antilhas francesas e na Guiana francesa, que passam a ter a marca e cores da "VITO".

2006

Parceria com a BP para a distribuição de GPL Auto através da sua rede de estações de serviço em França.
Aquisição à SHELL do seu negócio de distribuição de produtos petrolíferos na Bermuda.
Joint-venture com a BP França para a comercialização de garrafas de gás na rede de supermercados Intermarché sob o nome de ENERGAZ.

2005

Aquisição à SHELL da SAGF, um distribuidor de GPL e de produtos petrolíferos nas Antilhas francesas e na Guiana francesa.

2004

Inclusão da RUBIS nos índices da bolsa CAC Mid 100, CAC Mid and Small 190 e SBF 250.

2003

Entrada da VITOGAZ no Senegal.

2002

Fortalecimento das posições locais da RUBIS TERMINAL em Brest, Estrasburgo e Rouen.

2001

Início da atividade da VITOGAZ em Madagáscar e nas Ilhas Comores.
Aquisição da PROPETROL (armazenagem de petróleo e produtos químicos em França).

2000

Início da atividade da VITOGAZ em Marrocos.

1999

A VITOGAZ entra em Madagáscar com a construção de um terminal de importação de Gás (GPL).

1998

Expansão dos terminais RUBIS de Brest e Saint-Priest.

1997

A VITOGAZ estabelece-se em Marrocos.

1996

Aquisição dos depósitos de petróleo de Saint-Priest e Estrasburgo.
Lançamento da marca de GPL Auto GAZ’L nos hipermercados em França.

1995

As ações da RUBIS são cotadas na bolsa de Paris.
Aquisição do depósito de petróleo em Brest.

1994

Aquisição do negócio de distribuição de gás em França, VITOGAZ (fundado em 1939).

1993

Aquisição do negócio de armazenagem de líquidos a granel, RUBIS TERMINAL (antes “CPA,” fundada em 1877).

1990

Criação da RUBIS.